“Acho que eu adquiri um certo medo de tudo. Tenho me reservado demais, me escondido demais e com medo demais.
Enfrentar meus problemas e viver a minha vida tem sido algo assustador.
Parece que a todo momento estou pronta pra cair, desabar e falhar. Eu não sei onde foi que eu deixei a minha coragem.
Na verdade eu não me impeço de arriscar, ainda tenho a coragem de enfrentar o que preciso, mas o medo de falhar tem sido constante e muito cansativo.
Estou cansada dessa vida que venho levando, estou decepcionada pelos meus lazeres terem se tornado obrigações, e estou com medo de falhar naquilo que sempre me atraiu.
Estou com medo de perder tudo o que eu venho construindo todos esses anos, e com medo de decepcionar todas as pessoas que depositaram confiança em mim.
Eu não vou deixar de tentar, eu não vou desistir de lutar, mas simplesmente não consigo parar de tremer quando me coloco de frente com todas essas coisas.
Só espero que o destino me guie e não me deixe perder meu tempo à toa.
Só espero encontrar forças pra amenizar todos esse meu receio e conseguir o que eu sempre quis mesmo que eu não queira mais.”
— escondidadevc (via edv-diary)

(via edv-diary)

“Eu desisto. Paro de falar, e de responder, recuso comida e água. É necessário muito mais do que isso para manter uma pessoa viva, uma vez que ela perdeu a vontade de viver.”
Em Chamas. (via desfrutar-se)

(via desfrutar-se)

“Tudo de novo.
Mas, nada de novo.”
Sempre as mesmas coisas.  (via romeuemcrise)

(via isaizzys)

“Se ninguém te detesta, algo está errado.”
House.   (via romeuemcrise)

(via romeuemcrise)

“Sim, eu me faço de forte, mas já chorei no meu quarto, em silêncio, a porta fechada, travesseiro no rosto, chorei por dentro, sofri. Mas sabe o que tudo isso resultou; nada, é preciso aprender a crescer, viver, ser “gente grande” e enfrentar os próprios problemas.”
Dom Casmurro.   (via citografou)

(via citografou)

“O que me dói (e corrói) é a incerteza.”
A Teoria do Caos. (via silenciais)

(via silenciais)

“Pessoas grossas são mais interessantes do que pessoas simpáticas ou amigáveis. Geralmente tem uma ferida muito funda por baixo da grosseria. Ninguém é como é por quê quer; sempre tem um por quê e eu gosto de conhecer isso nas pessoas, os pontos baixos delas, mais do que os altos. Fora que, quando você conquista uma pessoa assim, ela te faz sentir especial. Ela trata todo mundo mal, mas contigo é diferente.”
Vinícius Kretek.    (via silenciais)

(via silenciais)

“Permita-se ser.”
— (via silenciais)

(via silenciais)

“Tudo de novo.
Mas, nada de novo.”
Sempre as mesmas coisas.  (via romeuemcrise)

(via romeuemcrise)